As palavras dos outros...

De nada vale tentar ajudar quem não se ajuda a si próprio. "Confucio"

segunda-feira, 11 de maio de 2009

A Floresta de Enganos



Um duende
verde de raiva
Numa floresta
Intranquila

Devoradora
De vontades
De quereres
De amores

Um fauno
Negro de mágoa
Numa floresta
De Enganos

Produtora
De indulgência
De falsidade
De mentira

eu sou, só,
eu estou, só,
eu sinto, só,
eu vou... só!

10 comentários:

Attitude Problem disse...

Não te percas...


Beijo-te (no regresso!).

Cαmilα ♥ disse...

Antes só que mal acompanhado, já dizia alguem...

BeijOs

Só Eu (Ricardo) disse...

Intenso. (noto alguma angustia. Será?)
Continuas a brindar-nos com muita qualidade no que escreves.
Forte abraço
Ricardo

Brown Eyes disse...

Esta vida é uma floresta, de enganos, onde os monstros ambundam mas, também tem o reverso. Para vencermos o pensamento positivo tem que estar sempre presente, temos que esquecer o negativo.

Secreta disse...

Estar só nem sempre é mau ... se pudermos mudar essa condição quando sentirmos vontade.
Beijito.

Fragmentos Intemporais disse...

SÓ...
Por entre devaneios
E
Infinitos que nos rompem a alma!

Muito bom!

Beijo Intemporal *

MIM disse...

Encontrei no dicionário duas definições apropriadas para floresta com sentido figurado:
1. grande quantidade de coisas aglomeradas
2. confusão; labirinto

Curioso que em criança sempre nos disseram para nunca brincar na floresta, era perigoso e podiamos perder-nos lá dentro.
Somos crianças todos os dias...

Beijinho

Branca disse...

A solidão me incomoda, me assusta; gosto de movimento, de barulho, de casa cheia.

Bom fds!

escarlate.due disse...

gostei do poema, gostei mesmo.
quanto à solidão, estranhamente é algo que dificilmente sinto, nunca entendi bem porquê...

a música é excelente!!!

(estás bem?????)

Pearl disse...

Todos vamos sós, um por um sem distinçao!

que o meu beijo te acompanhe!