As palavras dos outros...

De nada vale tentar ajudar quem não se ajuda a si próprio. "Confucio"

sábado, 2 de janeiro de 2010

Mais triste que a própria


A tristeza tornou-me melancólico
perdido num mar revolto
envolvido pelos braços do vento
e nas gotas de chuva grossa
escondendo as imensas lágrimas
que rolam no meu rosto
por não te ter em mim
por saber que já não moro aí,
a tristeza que sobra é vida triste
mas mais triste que a própria
onde o sol não brilha, é a lua não descer
para me serenar e acariciar

7 comentários:

Camila Tchékhov disse...

A tristeza capaz de matar...e como!
Melhores dias virão.

Aurea disse...

Olá, Olá.
Só podes ser tu.
Já li vários textos publicados e fico espantada.
Bem me avisou amiga comum.
Como sabes é muito bom reencontrar quem se gosta.
Sei que estiveste por aqui, e não me falaste,
sabes que gosto de te ver e recordar velhos tempos.
Quanto a este texto, e como não sei a que se refere, ou o
que quererá dizer, embora imagine, não vou comentar. 
Beijinho
Áurea

Secreta disse...

A ausencia de alguém que amamos, torna-nos tristes, tristes e mais tristes... a cada dia que passa.

MIM disse...

"Todo o mundo é capaz de dominar uma dor, excepto quem a sente."

William Shakespeare

Beijo

Anónimo disse...

As dores que se sentem no corpo, não são nada quando comparadas com a dor que nos vai na alma.
Mas mais fortes que estas, são claramente aquelas que se conjugam e nos provocam dores violentas no corpo e na alma em simultâneo.´
Um beijo

Fragmentos Intemporais disse...

Apetece-me ler de novo... repetir... só mais uma vez...
Há tanto eu contido nestas meras palavras...

Fragmentos Intemporais disse...

Apetece-me ler de novo... repetir... só mais uma vez...
Há tanto eu contido nestas meras palavras...